Portal do Governo Brasileiro

Nota de Repúdio

Nota de Repúdio
01 de outubro de 2017

O Conselho Regional de Museologia – 4R declara profundo repúdio às tentativas de censura de exposições de arte contemporânea no Brasil.

Ressaltamos os princípios fundamentais expressados no Estatuto de Museus (Lei 11.904), tais como, o “respeito a valorização da dignidade humana” e a “universalidade do acesso, o respeito e a valorização à diversidade cultural”. Destacamos que os museus são espaços democráticos, de diálogo, de reflexão social, e estão a “serviço da sociedade e do seu desenvolvimento”.

Enfatizamos que a arte tem também como função causar polêmicas e reflexões na sociedade, sem que isso seja razão para violências a pessoas e a instituições que a abrigam.

Destacamos que o respeito às expressões artísticas são fundamentais em um estado democrático.

Lembramos que nossa profissão perpassa a liberdade de expressão e, respeitados os princípios dos direitos humanos e a legislação pertinente, não vemos como passíveis de censura as produções artísticas mesmo que cercadas de polêmicas.

Por fim, o COREM 4R solidariza-se com os funcionários e o público do Museu de Arte Moderna de SP, que foram agredidos verbalmente e fisicamente nesta semana passada.

Conselho Regional de Museologia – 4a. Região

Tony Willian Boita
Presidente COREM 4R
Museólogo
COREM 4R 213 I