Portal do Governo Brasileiro

Prêmio nacional a museóloga

A museóloga Karina Muniz Viana (COREM 4R 292 II) foi premiada pela Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Ciência da Informação – Ancib por pesquisa sobre museologia e conectividade.

O trabalho “O fenômeno gatekeeper – museologia, compartilhamento e conectividade híbrida na sociedade global”, defendido em 2016, foi avaliado como a melhor dissertação de mestrado em Ciência da Informação no Brasil pelo prêmio Ancib de Teses e Dissertações de 2017, para o qual concorrem todas as universidades federais.

Karina obteve o título de mestre em museologia e patrimônio no Programa de Pós-graduação em Museologia e Patrimônio da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UNIRIO, sob orientação de Tereza Cristina Scheiner, museóloga e doutora em comunicação.

O conceito de gatekeeper trata da escolha das informações transmitidas a um público. Na pesquisa, o termo é usado para se referir aos diferentes filtros que um museu aplica antes de expor coleções aos visitantes. Ao lado disso, o trabalho analisou o compartilhamento de imagens de objetos de museu na internet e a produção de novas interpretações pelos usuários das redes sociais.

Nos dias 23 e 24 de novembro de 2017, no Rio de Janeiro, a pesquisadora apresentará a dissertação premiada no 2º Seminário Tecnologia e Cultura – Humanidades digitais e competência em informação na Fundação Casa de Rui Barbosa.